Quem somos

FÓRUM INTERUNIVERSITÁRIO DE CULTURA – FIC – RJ

Em 12 de março de 2014, foi constituído o Fórum Interuniversitário de Cultura do Rio de Janeiro – FIC-RJ, como resultado de um convênio firmado por 12 instituições públicas de ensino superior do estado: Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Sckow (CEFET – RJ), Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Instituto Federal Fluminense (IFF), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ), Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Universidade Estadual da Zona Oeste (UEZO), Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

O FIC – RJ nasceu da convicção de que é necessário e possível, sem abdicar da autonomia de cada instituição, instaurar interlocuções e ações coletivas que fortaleçam e contribuam para a presença das universidades e instituições de ensino superior públicas na construção de um campo cultural rico, diverso, dinâmico e democrático no Estado do Rio de Janeiro e no país.

Com o Fórum, as universidades públicas assumem lugar e papel decisivos na conformação de uma esfera pública em que a cultura é decisiva, num momento em que estamos desafiados a construir alternativas à colonização mercantil e à pasteurização empobrecedora que nos ameaçam. Em primeiro lugar, porque universidades são instituições que objetivam a preservação, promoção, difusão da cultura, enquanto processo complexo, diverso e múltiplo, que reconhece e legitima múltiplas linguagens, sentidos e sujeitos. Em segundo lugar, porque são responsáveis pela educação de jovens que, sejam quais forem suas carreiras, são e devem ser cidadãos engajados na produção e promoção culturais. Finalmente, porque também estamos engajados na formação de profissionais que vão atuar no campo da arte e da cultura.

O FIC – RJ é a afirmação do compromisso na formação de jovens aptos para agir numa esfera pública que favoreça a plena instauração da cidadania cultural numa sociedade democrática, rica por sua diversidade e multiplicidade culturais. É a afirmação de nosso engajamento, sem retorno, em diálogo permanente com a sociedade e com os agentes culturais que a reinventam a cada dia.

Anúncios